Skip to content

Guia completo para fazer Revenda de produtos!





Pesquisando sobre a revenda de produtos, como forma de conseguir ajuda para pagar as contas no fim do mês, encontrei muitas informações importantes. Sabendo que existem muitas pessoas que desconhecem sobre o assunto, assim como eu, decidi compartilhar tudo o que descobri.

A verdade é que, há muitos anos, os brasileiros já usam essa opção como forma de complemento no orçamento de casa. Mas existem muitos fatores que não podem deixar de serem muito bem analisados, antes de começar neste ramo, como por exemplo:

  • Escolher produtos que tenham verdadeira rentabilidade.
  • Ter um público-alvo já em mente.
  • Saber escolher os fornecedores certos.
  • Decidir qual tipo de revenda pretende exercer.
  • Conhecer o mínimo de noção sobre as tributações.

Neste artigo, além de falarmos sobre tudo isso, você verá muitas dicas de como fazer revenda mais fácil e sem correr riscos.

Antes de continuarmos, saiba esse conteúdo é apenas informativo e o blog não tem conexão com nenhuma instituição ou empresa. A intenção é apenas apresentar as informações já divulgadas em sites oficiais, de uma maneira mais fácil de ser entendida.




Então vamos ao que interessa! Confira os tópicos abaixo e acabe agora com todas as suas dúvidas!

Diferença entre representação e Revenda de produtos

revenda pela internet
imagem: Coprodução / Google Internet

De certa forma, os próprios nomes já se explicam, não é mesmo! Existem algumas diferenças, bem como semelhanças, que generalizando, são as formas de trabalhar com revenda, mais conhecidas.




O representante, é o profissional atua mais no bom relacionamento entre o cliente e uma marca ou uma empresa, ou seja, ele é a imagem da empresa e tenta manter a fidelidade dos clientes com a marca.

As principais características da representação comercial são:

  • Não tem a obrigatoriedade de ter vínculo empregatício.
  • O horário de trabalho é feito de acordo com o dos clientes.
  • A remuneração é feita por comissão das vendas realizadas.
  • É preciso fazer a captação de novos clientes.
  • Precisa conhecer todo o sistema da empresa, tempo de frete, forma de pagamentos e outros.
  • É o principal canal de comunicação com a empresa, seja para reclamações, dúvidas ou elogios, mas quem resolve os problemas é a empresa.
  • O representante precisa estar sempre atualizado com as novidades da marca.
  • É essencial conhecer as necessidades de cada cliente.
  • O profissional precisa passar por treinamentos.
  • Não é preciso manter nenhum tipo de estoque.

Já quem trabalha com produtos para revenda direta, ou seja, o revendedor informal, não tem ligação direta com nenhuma empresa, o que proporciona total liberdade quanto às marcas dos itens que vende.




Em contra partida, por ser considerado o dono do próprio negócio, quer dizer que, ele é o responsável por lidar com toda parte empresarial, independentemente do tipo de revenda que pretende fazer. Entre as principais responsabilidades do revendedor, podemos citar:

  • Precisa escolher o melhor forma de fazer a revenda.
  • Cuidar de toda parte fiscal, burocrática e financeira.
  • Dependendo do tipo de revenda precisa ter estoque.
  • Precisa estudar as plataformas de revenda pela internet
  • É essencial saber escolher um excelente fornecedor.
  • É responsável por resolver qualquer problema quanto ao produto.
  • Precisa criar suas estratégias de vendas.

Mas existe um fator, considerado o mais importante para ambos, que é a responsabilidade pelos próprios rendimentos. Ou seja, o volume de ganhos, depende da dedicação empenhada no que se propôs a fazer.

Vantagens de fazer Revenda de produtos

Apesar das responsabilidades serem bem maiores, a verdade é que existem muitas vantagens de fazer revenda de produtos, por exemplo:

  • O revendedor faz seu próprio horário.
  • Existe a possibilidade de crescer e montar sua própria equipe de vendas.
  • A margem de ganhos por produto é definido pelo próprio revendedor.
  • A variedade de produtos pode ser muito maior.
  • Não é preciso manter estoque, a não ser em caso de vendas consignadas, como no estilo sacoleiras.

Para quem aprende como fazer revenda pela internet, ou mesmo por catálogos, as vantagens podem ser ainda maiores, tais como:

  • O investimento inicial é baixo.
  • Não precisa se preocupar com a logística de entregas.
  • É possível usar as muitas plataformas de vendas já desenvolvidas e disponíveis na internet.
fornecedor para revenda
imagem: Coprodução / Google Internet

Fazer Revenda é legal ou ilegal? Entenda!

Não existe lei que proíbe a revenda de produtos por particulares, ou seja, a partir do momento que você comprou um produto e tem a nota fiscal deste, ele passa a ser seu e você pode fazer se dispor dele da maneira que assim desejar.

Essa brecha na lei é facilmente reconhecida em muitas situações, tais como:

  • Meu tio trouxe 3 iPads dos Estados Unidos e vendeu no Brasil.

Isso não é ilegal, pois ele os comprou no exterior, tinha as notas fiscais, pagou todos os impostos dos aparelhos, estavam dentro do permitido na alfândega. Sendo assim, pertenciam a ele, que resolveu vendê-los.

  • Minha irmã foi ao Brás, em São Paulo, comprou várias roupas para ela, mas depois resolveu se desfazer delas, vendendo-as.

Isso também não é ilegal, pois ela comprou como artigo pessoal, não usou nenhum CNPJ, então é considerado consumo pessoal. Por algum motivo resolveu vender incluindo um “extra” para compensar os gastos da viagem.

Lembrando que de acordo com as regras fiscais, quando o volume de ganhos passam de R$ 12.000,00 é necessário fazer a declaração desse valor. Portanto se pretende entrar no ramo de revenda, se informe muito bem sobre o fisco, mesmo usando o CPF.

O que categoriza a revenda ilegal, é a comercialização de produtos considerados piratas, quer dizer, não pagar os devidos valores a quem produziu o item em questão.  Ou, o não cumprimentos das obrigações fiscais, o que significa, o pagamento de impostos e taxas.

Vale ressaltar, que, não é obrigatório ter CNPJ para fazer revenda pessoal de cosméticos, roupas, ou qualquer outro item, a não ser que tenha uma loja virtual ou física.

Melhores fornecedores para revenda
imagem: Coprodução / Google Internet

Revender por catálogo ainda vale a pena?

Com certeza, em algum momento da sua vida, você já teve uma vizinha que tinha aqueles famosos catálogos de revenda Avon, Natura, Jequiti ou até mesmo Tupperware, não é mesmo? E pode ter certeza que as “revistas de produtos” ainda são bastante usadas.

Atualmente todas as marcas que antes faziam suas vendas usando os catálogos, já possuem sites e lojas virtuais oficiais. Mas, grande parte dos consumidores ainda não confia 100% nos mecanismos online.

A revista de produtos em si, se tornou um complemento para dar mais credibilidade à revenda, pois tudo pode ser feito diretamente pela loja virtual. Dito isso, você deve estar se perguntando, “Será que vale a pena revender produtos de catálogos?”.

Por incrível que pareça, sim, principalmente se tratando de revenda de cosméticos e outros produtos femininos, e os principais motivos são:

  • As mulheres confiam mais nas revendedoras do que nos sites ou aplicativos de revenda da marca.
  • O investimento inicial é baixo.
  • É possível ter alguns produtos de pronta entrega.
  • A fidelização da clientela é mais fácil, ainda mais se já atuar no ramo de beleza, como, manicure, cabeleireira, esteticista e etc.
  • As plataformas para revendedoras estão cada vez mais descomplicadas.
  • A revendedora pode enviar o catálogo online às suas clientes.

Para ter sucesso nesta modalidade de revenda, é preciso saber quais são os produtos mais procurados na sua região e entrar em contato direto com a marca, solicitando uma consultoria para iniciantes.

Melhores catálogos para Revenda 2021

As melhores marcas para revenda por catálogos em 2021 são:

  • Natura: https://accounts.natura.com/queroserconsultora
  • Avon: https://www.avon.com.br/institucional/seja-uma-revendedora/cadastro
  • O Boticário: https://revenda.boticario.com.br
  • Eudora: https://cadastro.eudora.com.br
  • Tupperware: https://www.distribuicaotupperware.com.br
  • Demillus: http://demillus.vestemuitomelhor.com.br/seja-revendedor

Faça uma boa pesquisa e descubra qual é a marca que mais se identifica com você.

Dicas para encontrar um bom fornecedor

Antes de escolher um bom fornecedor para revenda é essencial que você feito definições como:

  • Tipo de produto pretende revender.
  • Forma de revenda deseja realizar.
  • Valor disponível para investimento inicial.
  • Deseja ou não ter estoque.

Decidido isso, vamos às dicas de como escolher um fornecedor para revenda:

  • Pesquise por fornecedores em sua região.
  • Faça um levantamento de valores totais, incluindo o envio e taxas.
  • Busque por depoimentos e recomendações de quem já usou os serviços do fornecedor em questão.
  • Lembre-se que, quanto mais intermediários tiver entre você e o fabricante original, mais caro será o produto e menor pode ser sua margem de ganho.
  • Analise todos os detalhes sobre as formas de pagamento e entrega, se for o caso.
  • Comece a observar a embalagem de produtos que compra pela internet, assim terá mais opções de fornecedores.
  • Entre em contato direto com o fabricante, caso esteja pesquisando sobre um fornecedor intermediário.
  • Busque pela opção de revenda direto da fábrica, uma opção muito usada por revendedores e fabricantes, o que dispensa intermediários.
  • Quando procurar na internet, não julgue a qualidade do serviço pela aparência da página. Muitos não investem nisso.
  • Também pela internet, faça buscas variadas, ou seja, não use somente a palavra “fornecedor”.

Nunca se esqueça que você não pode ficar sem produtos, então não tenha somente um fornecedor. Mantenha ao menos 2 e mais alguns no contato rápido.

Dicas para fazer revenda de sucesso
imagem: Coprodução / Google Internet

Melhores fornecedores para revenda

Atualmente existem vários fornecedores de produtos de revenda nacional e importados, e abaixo você confere os mais bem cotados.

Nacionais

  • Xtreme atacado (Plataforma com vários fornecedores): https://xtremeatacado.com/
  • Mix Barato (Roupas): https://www.mixbarato.net/
  • Imagem Folheados (jóias e bijuterias): https://www.imagemfolheados.com.br/
  • Kaisan (Moda feminina): https://www.kaisan.com.br/
  • Atacado Barato (Roupas em geral): https://www.atacadobarato.com/
  • Deale Xtreme (Aessórios eletrônicos): https://www.dx.com/pt/
  • Macro distribuidora/Yakao (Variados): https://www.yakao.com.br/
  • Empório Bags (Bolsas e acessórios): https://www.emporiobags.com.br/
  • Hayamax (Eletrônicos): https://hayamax.com.br/

Internacionais

  • Alibaba: https://br.alibaba.com/
  • Amazon: https://www.amazon.com.br
  • Wish: https://www.wish.com/
  • eBay: https://www.ebay.com/
  • Zein Importadora: www.zein.com.br/
  • Rio Tijucas Importadora: http://www.riotijucasimportadora.com.br/
  • China Mix: https://www.chinamix.com.br/
  • AliDropship (Importados e nacionais): https://alidropship.com.br/
  • Sobra de Estoque: https://sobradeestoque.com.br/sobra-de-estoque/

Produtos mais fáceis de revender em 2021

Independente da região ou forma de comercialização, os melhores produtos para revenda fácil em 2021 são:

  • Acessórios, calçados e roupas importados.
  • Perfumaria e cosméticos importados.
  • Joias, semijoias e bijuterias.
  • Equipamentos eletrônicos.
  • Celulares e acessórios.
  • Roupas infantis.
  • Utensílios de cozinha.

Dicas para fazer Revenda de sucesso

Ao longo do artigo, já mencionamos o que há de mais importantes a aprender sobre esse tipo e negócio, e resumindo, as melhores dicas para você ter sucesso e aumentar renda com revenda, são:

  • Faça uma pesquisa de mercado.
  • Crie estratégias de publicidade.
  • Faça cadastro e promoções de fidelidade.
  • Invista em uma boa plataforma online, se for o caso.
  • Faça um controle minucioso de todas as suas vendas.

O essencial é engajamento, dedicação, paciência, pois a rentabilidade vem tão fácil e rápido, como muitos anunciam na internet.

como funciona revenda dropshipping
imagem: Coprodução / Google Internet

O que é Revenda dropshipping

Este é o tipo de revenda mais procurado nos dias de hoje, neste caso, pois o revendedor atua na verdade como intermediário de venda, ou seja, você será a ponte entre o fornecedor principal e o consumidor.

Principais vantagens:

  • Não é preciso controlar estoque.
  • O investimento inicial é baixo.
  • Pode ser administrado até pelo celular.
  • Possibilidade de comercializar vários produtos ao mesmo tempo.

Principais desvantagens:

  • Muita concorrência.
  • Problemas com fornecedor, principalmente no tempo de entrega.
  • Possíveis reclamações de clientes.
  • Burocracia fiscal.
  • Movimentação de vendas difícil de ser gerenciado.
  • Margem de ganhos relativamente baixos.

Para facilitar seu entendimento fizemos um passo a passo de como funciona revenda dropshipping, confira:

  1. Escolha que tipo de produto que vender.
  2. Adquira um domínio (endereço online para sua loja virtual)
  3. Escolha uma boa plataforma e crie sua loja.
  4. Especifique os detalhes de taxas de envio, formas de pagamento, e outras configurações oferecidas pelas plataformas online.
  5. Crie suas estratégias de publicidade.
  6. Faça suas vendas
  7. Cumpra suas obrigações fiscais.

Nunca se esqueça que você administrará tudo, e precisa criar sua identidade na internet, então, tenha um fornecedor de excelência e que seus clientes ficarão satisfeitos.

Perigos do dropshipping, conheça agora!

A revenda dropshipping tem vantagens e desvantagens como mencionamos, mas também tem seus perigos e você pode conferir tudo no vídeo abaixo. Ficou com dúvidas? Então dê uma olhada nos outros artigos que estão em nosso blog!

Veja o vídeo: